Connect with us

Séries

Tyrant é cancelada após três temporadas, mas existe a esperança de uma quarta

O canal norte-americano FX anunciou o cancelamento da série Tyrant após o fim da terceira temporada.

Criada por Howard Gordon , mesmo produtor de Homeland, a série acompanha a vida de Bassam Al Fayeed (Adam Rayner, de Hawthorne, Hunted), filho mais novo de Khalid Al-Fayeed (Nasser Faris), o ditador de um país do Oriente Médio. Discordando das atitudes do pai, Bassam se muda para os EUA, onde adota o nome de Barry. Lá ele se casa com Molly (Jennifer Finnigan, de Monday Mornings), com quem tem dois filhos, Emma (Anne Winters) e Sammy (Noah Silver). Passados vinte anos, ele volta para seu país natal, juntamente com a família, para o casamento de seu sobrinho, Ahmed (Cameron Gharaee) com Nusrat (Sibylla Deen). Em seu retorno, ele encontra seu país vivendo turbulências políticas e sociais, o que o leva a sofrer um choque cultural.

Em comunicado, Bert Salke, o diretor da Fox 21 Television Studios, produtora da série, disse que existe a intenção de continuar a produzir a série, dando a esperança de que um outro canal ou serviço de streeming possa realizar a quarta temporada.

“Por seu público fiel, o último episódio da terceira temporada vai ter um final satisfatório se a série não encontrar uma outra casa, mas também oferece possibilidades interessantes que deveríamos ser capazes de explorar em alguma outra plataforma ou canal.”

O último episódio foi ao ar ontem à noite, dia 07 de setembro, nos EUA. Assim, a série foi encerrada com um total de trinta e dois episódios em três temporadas.

No Brasil, Tyrant pode ser assistido na Fox Action e através do Fox Play.

Click to comment
Advertisement
Advertisement

More in Séries