Connect with us

TV

Canal Brasil : Filmes em destaque de 1.º a 7 de julho de 2019

FERRUGEM (2018) (99’) Fonte : Divulgação

Aqui no TV e Pipoca você confere os filmes em destaque do Canal Brasil na semana de 1.º a 7 de julho.

SEGUNDA-FEIRA, 1º DE JULHO

Camocim (2018) (76’)
INÉDITO e EXCLUSIVO
Horário: Segunda, dia 1º/7, às 18h
Classificação: 12 anos
Direção: Quentin Delaroche
Sinopse: A pequena Camocim de São Félix, no agreste pernambucano, tem sua morosa rotina interrompida pelas eleições a cada quatro anos. Como em um clássico de futebol, a cidade divide-se em dois polos; de um lado, o grupo azul e, de outro, a turma de vermelho. Neste polarizado cenário de estranha semelhança com o panorama nacional, o diretor Quentin Delaroche encontrou um tipo raro na política brasileira: Mayara Gomes, uma jovem militante obstinada em fazer uma campanha limpa em prol de sua ideologia e do melhor para a população. O espanto em se deparar com esse personagem fez o diretor escalar a moça como protagonista de seu mais recente documentário, no qual acompanha a batalha para eleger seu candidato a vereador.

TERÇA-FEIRA, 2 DE JULHO

Bonitinha, Mas Ordinária (2013) (92’)
[Nelson Rodrigues No Cinema]
Horário: Terça, dia 2/7, à 0h15
Classificação: 16 anos
Direção: Moacyr Góes
Sinopse: A trama mostra o drama de Edgard (João Miguel), apaixonado pela suburbana Ritinha (Leandra Leal), uma mulher bonita e simples que leva a vida como professora para sustentar suas três irmãs e a matriarca louca (Ângela Leal). Ele também sofre com as dificuldades de bancar a própria mãe, viúva de um marido que não teve dinheiro nem para o enterro. O jovem tenta se virar atuando na empresa do truculento milionário Dr. Werneck (Gracindo Jr.), industrial que precisa arranjar um casamento de conveniência para a filha, Maria Cecília (Letícia Colin), estuprada por cinco homens enquanto participava de um baile funk numa favela carioca.

QUARTA-FEIRA, 3 DE JULHO

Tá Rindo de Quê? (2018) (92’)
[É Tudo Verdade]
INÉDITO E EXCLUSIVO
Horário: Quarta, dia 3/7, às 20h
Classificação: 12 anos
Direção: Claudio Manoel, Alvaro Campos e Alê Braga
Sinopse: O humor foi uma das mais importantes ferramentas de resistência durante o período da ditadura militar no país. Atores, atrizes, diretores de cinema, teatro e televisão foram obrigados a conviver com a censura oficial do governo, a proibição de seus espetáculos – ou de trechos deles – e uma perseguição persistente, culminando até em prisões de personalidades tidas como subversivas. O documentário de Claudio Manoel, Alvaro Campos e Alê Braga conversa com comediantes da época para entender como era possível fazer rir em um período tão triste da nossa história.

QUINTA-FEIRA, 4 DE JULHO

Carlota Joaquina, Princesa do Brasil (1995) (100’)
Horário: Quinta, dia 4/7, às 20h20
Classificação: 14 anos
Direção: Carla Camurati
Sinopse: Um painel da vida de Carlota Joaquina (Marieta Severo), a infanta espanhola que conheceu o príncipe de Portugal (Marco Nanini) com apenas dez anos e se decepcionou com o futuro marido. Sempre mostrou disposição para seus amantes e pelo poder e se sentiu tremendamente contrariada quando a corte portuguesa veio para o Brasil, tendo uma grande sensação de alívio quando foi embora.

SEXTA-FEIRA, 5 DE JULHO

Diários de Classe (2018) (72’)
INÉDITO e EXCLUSIVO
Horário: Sexta, dia 5/7, às 19h05
Classificação: 12 anos
Direção: Maria Carolina da Silva e Igor Silva
Sinopse: Os cineastas Maria Carolina da Silva e Igor Silva realizaram sessões de cineclubes em salas de aula para utilizar a sétima arte como uma ferramenta educativa. A partir das exibições, conheceram Vânia, uma detenta que procurou nos livros um caminho para a ressocialização, e decidiu transformá-la no ponto de partida para um roteiro sobre o cotidiano de discentes marginalizados, seja pela privação da liberdade, pelo preconceito por orientação sexual e de gênero ou pelas dificuldades trazidas pela pobreza e as poucas oportunidades dadas a quem não pode pagar por um direito universal.

O cenário para o longa-metragem é a periferia de Salvador. Lá, os cineastas encontraram Maria José, uma empregada doméstica e frequentadora assídua de aulas para adultos analfabetos. Na vizinhança mora Tifany, uma mulher trans hospedada provisoriamente em um abrigo para menores e com grandes dificuldades de ser aceita no meio acadêmico devido ao preconceito. Ali perto, a câmera encontra Vânia Costa, que cumpre pena em um presídio e tenta fazer dos livros suas novas armas. As personagens narram cotidianos distintos, mas com problemas semelhantes e uma vontade em comum: ter acesso à educação básica para alçarem voos mais altos na vida.

SÁBADO, 6 DE JULHO

Rock Brasília – Era de Ouro (2011) (112’)
Horário: Sábado, dia 6/7, às 19h
Classificação: 12 anos
Direção: Vladimir Carvalho
Sinopse: Documentário nacional sobre a trajetória do cenário rock/musical de Brasília nos anos 80, desde os primórdios, das bandas embrionárias até o estouro nacional de Legião Urbana, Capital Inicial e Plebe Rude. Com depoimentos de diversos músicos, familiares e personalidades importante, o filme revela detalhes sobre a chamada Era de Ouro da cidade e a origem de diversos grupos.

DOMINGO, 7 DE JULHO

FERRUGEM (2018) (99’)
Horário: Domingo, dia 7/7, às 22h50
Classificação: 14 anos
Direção: Aly Muritiba
Sinopse: Tati (Tifanny Dopke) é uma adolescente comum e, assim como as demais amigas de sua idade, adora compartilhar sua rotina nas redes sociais. Em uma viagem com os colegas da classe, ela começa um flerte com Renet (Giovanni de Lorenzi), um menino reservado, filho de Davi (Enrique Diaz), um dos professores do colégio em que estuda. Após o primeiro e esperado beijo com o rapaz, a jovem percebe ter perdido o celular e, mesmo após esforços coletivos, não o recupera. Alguém, no entanto, encontrou o aparelho e divulgou um vídeo íntimo da jovem gravado com o ex-namorado. Rapidamente, sem qualquer pista de como tudo ocorreu, a protagonista percebe que todos os discentes do lugar assistiram à filmagem, começando uma onda de bullying espalhada com a costumeira velocidade dos conteúdos na grande rede.

 

Fonte : Canal Brasil

Click to comment
Advertisement
Advertisement

More in TV

error: